Conheça mais sobre o Observatório, como surgiu, suas propostas e proposições para as comunidades transvestigeneres e de profissionais do sexo  

São nas esquinas onde nos procuram, que surgem as trocas; e das interseções de pensamentos que podem surgir os afetos capazes de nos relembrar de que a humanidade é plural, e precisa ser respeitada em todas suas singularidades.
Confira aqui as análises de conjuntura e artigos elaborados por um grupo de colaboradores, além de links de notícias sobre temáticas do momento.

#ÉCRIMESIM – Por quê se faz necessária a criminalização da LGBTfobia no Brasil pelo STF, texto de Maria Eduarda Campos…


Leia artigos, teses, dissertações, livros, materiais teóricos produzidos por diversos profissionais, estudantes, pesquisadores, escritores, com temáticas que abordem as questões pertinentes ao Observatório.

Confira fotos, vídeos, poesias, registros de performances e outros processos criativos compartilhados aqui. Convidamos estudantes, artistas, pesquisadorxs para encaminhar seus materiais. Este é um espaço aberto para todes que desejam divulgar seus trabalhos! 

Confira o vídeo da campanha de sensibilização a respeito do acolhimento às pessoas trans #eutbsintofalta

Divulgamos aqui alguns links com informações sobre direitos das comunidades transvestigenere e de profissionais do sexo. 
Em caso de perguntas mais específicas, sugestões e materiais que possam acrescentar as informações divulgadas aqui, entre em contato com a gente



Quer colaborar com a construção desse observatório?
Escreva pra gente no e-mail: [email protected] E envie materiais teóricos de texto, notícias, pesquisas e produções artísticas feitas por transvestigeneres e profissionais do sexo e/ou que abordem as questões relacionadas às nossas comunidades.